sábado, 25 de fevereiro de 2012

Livro O Amigo de Deus, de Rodrigo Jeferson (ON-LINE) Capítulo 04

Capítulo IV
Ida ao reino dos Céus

Arrebatado pela primeira vez
Pela chamada que o Senhor me chamou eu dizia: "não quero ser arrebatado, porque se eu fosse, não quero mais voltar!" dizia isso sempre, porque pelos relatos que soube de pessoas que tiveram essa experiência – era algo lindo. Uma experiência como essa em minha vida era algo impossível, porque mesmo conversando com Deus por meio de revelações - não me sentia especial para isso.
Quando fui "expulso" da igreja IBPM eu fui para uma igreja pentencostal, onde os irmãos tem visões, revelações, etc. Comecei a me sentir em casa, pois eu tinha uma carência de entrar numa igreja e no meio da adoração ser interrompida por glórias a Deus e Aleluias! Uma igreja de barulho, onde não estamos ali para cantar, mas sim utilizar a música como pano de fundo de nossos sentimentos e de um imenso barulho de adoração a Deus.
Ao entrar no corpo de membros de uma igreja pentencostal, logo fiquei sabendo que uma irmã de lá tinha sido arrebatada. Isso me fez a admira-la a muito, pois via que ela era uma pessoa especial, onde seu espírito tinha sido levado a própria morada de Deus. E me sentia inferior. No meu coração a admirei com uma pessoa grandiosamente importante.
Tudo mudou mesmo quando veio uma irmã aqui em casa, ela é a avó de um amigo meu, uma irmã que segue o evangelho e todos a amam muito, sendo cristãos ou não. Ela é querida por onde vai. O nome dela é complicado, é Alassi, mas aqui todos a chamam de Dona Laci.
Essa irmã vem me contar algo que veio para mudar a minha vida, ela têm a mesma chamada que eu e veio me contar isso. Naquela tarde ela me disse: "Olha, Deus tem um plano em te arrebatar!" fiquei assustado na hora, pensei: "Logo eu?" e naquela tarde percebi que talvez pelos milagres em que vem acontecendo em casa e pelo Senhor conversar comigo diretamente, talvez seja escolhido de outra forma.
Naquele dia o Senhor a tinha levado na minha casa apenas para me entregar a coisa mais importante da minha vida. Foi a partir dessa revelação que tudo fez sentido.
Ela me disse: "Eu e você temos uma chamada rara, do qual o Senhor pode falar conosco 24horas por dia. Olha meu filho, o Senhor vai te arrebatar, se prepare, não fiquei com medo..." aí ela me conta, que em 1964, as 4h da manhã teria sido levada ao céu e me contava as maravilhas, ela disse que via umas torres e que queria até tocá-las só que o anjo que tava com ela tirava a mão dela, porque só poderia ver.
Ela chorava enquanto contava sobre o céu, e eu não entendia nada - só pensava que o lugar deve ser muito bonito mesmo para que a gente até chore.
Ela me disse: "Olha, não fique com medo, meu filho! Você vai e quando for e vê o céu, não toque tá? apenas passe a mão por cima, sem tocar." E depois quando foi embora me instruiu a não tocar nos objetos e construções celestiais. Antes de ir embora, ela me contou as visões que teve onde se mostrava a volta de Cristo.
Desde aquele dia ficava pensando, sobre eu ser levado ao céu... só de pensar, a gente fica até com medo. Nossa alma sair do nosso corpo e ser levado a outro lugar, mesmo que seja um lugar glorioso como o céu, fiquei com muito medo. Tanto que duas noites, o Senhor me dizia que iria me arrebatar naquele momento, e eu cheguei a discutir que não queria, por medo.
Um dia antes de ser arrebatado, eu tive uma visão que hoje eu posso até entender o que é: eu tava num lugar todo vermelho e comigo tava uma pessoa de manto e longos cabelos castanhos, e eu dizia: "Pro inferno eu não quero ir!" e toda a vez que olhava para a pessoa que tava comigo, ela virava o rosto, porque não queria que eu o visse.
Também senti no meu interior algo como se eu fosse “morrer” ou ser “levado”... acho que isso era a mesma sensação que uma pessoa tem antes de morrer (sabe, dizem que a pessoa que morre, antes mesmo ela já sente que irá partir).
Depois fui entender, que aquela pessoa na visão que estava comigo seria Jesus e que talvez em visão tinha me levado a algum lugar e deixado eu dizer aquilo pra ele (PRO INFERNO NÃO QUERO IR).
Eu não quero ser arrebatado ao inferno, seria cruel pra mim!
Talvez ele queria me dizer que me levaria também ao inferno, foi isso que eu entendi e por isso em desespero não queria ver, porque já não gosto que ver pessoas sofrendo ainda mais num lugar onde bilhares de almas perdidas sem salvação chorando e sofrendo eternamente, eu morreria se visse aquilo...
Jesus, salva as almas das pessoas que vivem na Terra, salva as almas das pessoas que estão lendo esse livro!
O meu ministério é contar as maravilhas do reino de Deus, e como Jesus é tão maravilhoso - ele te ama, num sabia disso?

Indo ao encontro pessoal com Jesus Cristo
A experiência ocorreu na manhã de 19 de Novembro de 2007, às 6:15 até as 9:30 do mesmo dia - fui levado em espírito ao céu, querendo ou não.
Eu dormia com medo de ser levado em espírito, acordava no meio da noite preocupado e dormia preocupado, eu queria ser mais rápido que Deus, mais atento para que ele não me arrebata-se.
Mas o Senhor é perfeito e seu poder é infinito, ninguém pode deter sua vontade e nem o seu desejo (Jó 42:2).
Na manhã em que fui levado ao céu eu acordei sem sono as 6:13, olhei para o relógio e por incrível que pareça, naquela hora eu tinha me esquecido de ficar alerta. A única coisa que eu disse para a minha mãe antes de ser levado: "AH! Tô sem sono, acho que vou tentar dormir!" e quando detei a minha cabeça no travesseiro, meu espírito foi levado a outro lugar.
Deus sabia que eu teria medo, e enquanto viajava para outro lugar, tive visões de amigos e pessoas conhecidas fazendo várias coisas, vi duas conhecidas caminhando, pessoas fazendo atividades... parecia que tava vendo as pessoas e a vida delas na Terra. O dia a dia de muitas pessoas, tudo isso me destraiu porque na verdade nem sabia o que estaria acontecendo...
Quando dei conta de mim mesmo, fui parar numa espécie de torre, ela era formada por pequenas pedrinhas marronzes, bem bonito. Aquela torre parecia que não tinha porta, nem janela e nem andares. Talvez não seja uma torre, mas foi isso o que eu pensei e que imagino ser.
Logo, vi Jesus Cristo descendo do Céu, ele parou e ficou no alto de minha cabeça e na hora eu pensei: "Esse é o momento mais crítico da minha vida!" mesmo antes dele falar comigo, a minha alma ficou aliviada. A presença de Cristo alivia nossa alma até mesmo de longe.
A presença de Jesus dá-nos uma sensação boa, a gente se sente protegido porque mesmo de longe sentimos amor dele. Jesus acima da minha cabeça e me disse:

"-Rodrigo. Assim como você me vê agora: em carne e osso, assim serei contigo na Terra por onde quer que andares."

Essa foi a primeira frase que ele me disse. Fiquei admirado, bobo, sem reação, pois na minha frente não tinha visto um rei, ou governante, chanceler ou estrela de holywood - me encontrei apenas com o Rei dos reis e Senhor dos senhores, filho de Deus e Salvador da minha alma.
Algo que tenho em mente é que nem a presença de um rei ou estrela holywoodiana mesmo pela fama que tem teve essa oportunidade.
Deus tinha deixado para um garoto que foi humilhado por toda a sua vida, em que sua própria família o tratava como doente.
Amo a ti Jesus e me emociono ao me lembrar dessas coisas tão lindas.
Não SOU CAPAZ DISSO! NÃO MEREÇO ISSO! SOU UM PECADOR! PELO DE TUDO O QUE FIZ DE RUIM NESSA VIDA, NÃO MERECIA ISSO! AS VEZES EU VEJO PESSOAS BOAS E PENSO EM QUE DEUS AS POSSA BATIZAR COM O ESPÍRITO SANTO, POSSA ARREBATAR, TÁ INTIMIDADE POIS EU SÓ TIVE SORTE........ SOU UM PECADOR! EU NÃO MEREÇO ISSO, DEUS - EU TE AMO! MAS SEI QUE NÃO SOU DIGNO NEM DO SEU AMOR E NEM DO SEU REINO.

Bem-aventurado os puros de coração, porque verão a Deus.
Mateus 5:8

A aparência de Jesus
Jesus Cristo tem cerca de 1,80m - usava um longo e lindo manto branco, seus cabelos são lisos que descem até o ombro e sua cor é de um castanho que chega a quase ruivo.
Também usava sandálias, e a única coisa que não consegui ver foi o seu rosto (no lugar da face dele não aparecia o rosto, não tinha nada), mas fiquei olhando para o seu cabelo do qual não tinha achado outro igual... e meus cabelos também tavam soltos quando fui arrebatados - fiquei até pensando "estamos iguais".
Enquanto ele falava ficava escutando atentamente a voz dele, não era nada a ver com as vozes dos atores que já fizeram o papel de Jesus Cristo nos filmes, fiquei abismado porque a voz original do filho de Deus é totalmente diferente até da voz do ator que fez Jesus no filme Paixão de Cristo.
A sua voz era mais fina que a minha, só que bela, parece uma flauta doce e o jeito que as palavras saem, nos obriga a escutar-las para sempre se puder... não há voz tão linda e suave e perfeita como a voz dele, e todas as vezes que ele fala (até hoje) dá para se perceber o sotaque judeu que ele tem, ele fala dessa forma!
E já escutei ele me chamar com sua voz dentro da minha casa duas vezes bem depois do meu encontro pessoal com o mestre. A voz dele fica mais fácil de reconhecer a cada vez que ele me chama.
A presença de Jesus acalma a nossa alma, nos sentimos protegidos.
Ele ficou me falando outras coisas, só que nem escutei - só ficava ouvindo a voz e olhando pra ele - ora! Sou apaixonado por Cristo e ao vê-lo pessoalmente, essa foi uma reação natural.
Depois ele me disse em carta o que realmente me disse, o problema é que eu fui idiota demais e perdi a mensagem (ARGH! RODRIGO, SEU BURRO!) mas me lembro um pouco: Jesus tinha me dito que me daria unção para pisar nas serpentes e que era para eu contar o que eu veria a seguir, pois muitas pessoas não acreditam que há um céu para elas.
Perdão, é que as vezes sou um pouco relaxado com as coisas... espero que as cartas que tenho guardadas fiquem lá até mostra-las. E logo em seguida fui levado ao céu pela mão de Cristo.

A Cidade Santa
Ao chegar no céu, não me lembro mais já estava vestido com o mesmo manto em que Cristo usava e sandálias. Fiquei no céu desde as 6:15 (isso já contando quando eu tive com o próprio Jesus conversando pessoalmente) há 9:30. E fui para alguns lugares.
O céu é muito lindo, a eu vi cidade santa bem rápido e tinha um anjo que me guiava. Era muito linda, suas contruções forradas em ouro, casas e uma praça que eu vi. No meio daquele ouro todo, janelas de vidro. Vi as casas mas não há o que contar porque os detalhes tão na minha cabeça e são tão belos que acho que num dá para passar alguma coisa para vocês
A cidade santa estava fechada, não havia moradores.
Não sei se está em construção ainda, pois a parte que eu vi estava concluída. Depois de ver as casas por cima da cidade com o anjo fui para o muro da cidade e uns corredores que não faço a idéia do que seja, mas Deus sabe, né? Pelo o que eu entendi, eu vi uma parte da cidade de cima e depois passei a pé pelos mesmos lugares e corredores.

A muralha era feita de jaspe; e a cidade de ouro puro, semelhante a vidro lípido.
Apocalipse 21:18

O muro que passei era feito de ouro e forrado com muitas pedras preciosas (ou será que era algum corredor entre as casas?) pela lógica seria o muro, mas passei por corredores.
Depois passamos por estradas, e vi muita coisa - aquele ouro brilhava e tava arquitetado de uma forma tão astística e apaixonante, muitas pedras preciosas inseridas numa arquitetura perfeita. Deus mesmo tem os melhores artesãos na sua mão, pois no dia que você for para o céu você verá também.
Vi aquelas jóias lindas do qual nunca tinha visto ali, muita riqueza e beleza, via também castiçais de velas no meio do caminho, forrado a ouro, só que não entendi nada (pra mim aquilo era uma rua da cidade Santa).
Mas fomos passando pelo muro e como não podia tocar, passei a mão por cima, abafando... com o anjo do meu lado, que tinha me permitido esse movimento. (e fazendo o que a vó do meu amigo tinha me dito) – pois ela me contou que no dia que ela foi arrebatada, ela viu as torres da cidade santa e achou tão lindo que tentou tocá-la várias vezes, mas o anjo que estava com ela tirava a mão, mesmo assim ela insistia. Mesmo assim não conseguiu.
Oh! muralha tão linda, muitas pedras preciosas moldadas artisticamente, entelaçada com linhas e traços feitos a ouro... a minha vida acabaria aqui, quem imaginaria que um garoto que era acusado por fanáticos de bruxo e feiticeiro por gostar de animes e RPGs estaria num lugar onde esses mesmos perseguidores e acusadores não foram?
Uma muralha onde tinham várias pedrinhas azuis, vermelhas, e de outras cores moldadas com cada detalhe. Entrelaçados a pequenas esculturas de ouro moldadas da própria parede e algumas eram tão detalhadas, onde tinham algumas peças do tamanho de 1cm.
Isso não dá para te falar com detalhes que você possa entender, era melhor que você pudesse ver pois imagina um muro imenso com muitos detalhes artísticos, onde se usa ouro e aquelas pedras preciosas mais caras e brilhantes, a arte e os desenhos e sua arquitetura são feitas de modo de ser tão belo que não se pode explicar... fiquei admirado!
Se você é criticado por gostar de algum desenho japonês, ou RPGs (seja de mesa ou computador) ou por alguma coisa saudável que mesmo assim é atacada por fanáticos, não esquenta!
Deus fará justiça. Ele só anda com pessoas que seguem seus mandamentos e não pessoas diplomistas e farisianistas (religiosos que não tem amor e que julgam os outros).
Vamos para o céu! Eu te convido.^_^

Minha aparência no Céu
Desde quando vi o mestre pessoalmente eu estava com outra roupa: estava com meus cabelos soltos e usava um manto branco que iria até o pé e usava sandálias.
Tanto que Jesus usava uma roupa parecida com a minha e eu estando de cabelos soltos fiquei pensando: “Estamos iguais^_^” e não me lembro de mais nada depois, a minha memória já me leva que eu já estava no céu com um anjo que me guiava.
Eu me lembro de uma parte que ficamos andando e eu andava olhando para o chão e via os meus pés naquelas sandálias tão bonitas que eu usava.
Lembro que todas as pessoas que vi tinham a mesma roupa que eu e quando fui procurar respostas na bíblia (pois nessa época eu não sabia muito) vi que era confirmação dessa palavra:

O vencedor será igualmente vestido de branco, e jamais apagarei seu nome do livro da vida, porém, confessarei seu nome diante do meu Pai e diante de seus anjos.
Apocalipse 3:5

O Tema chamado Reino de Deus
Muitas coisas crentes e fanáticos inventam sobre o céu, e muita coisa é praticamente aceita pelo pessoal da igreja, porque não há provas porque a única prova de conhecer a verdade e ver o céu é morrendo com Jesus, mas se a gente morrer, não poderemos voltar.
Eu já ouvi relatos de várias pessoas em vários ministérios, alguns famosos, outros não!
O caso mais conhecido aconteceu com a irmã Mary K.Baxter, autora de A DIVINA REVELAÇÃO DO INFERNO – onde Jesus a escolheu como ele mesmo disse: “Eu te escolhi para tirar pessoas das trevas para a Luz” e Cristo a levou no Inferno por trinta dias e mandou escrever em um livro, para que as pessoas possam conhecer que o inferno é real.
Outra pessoa também foi Bill Wiese, que Deus o arrebatou ao inferno de forma diferente, ele o jogou no inferno e apagou a sua memória (para que esquecesse que era crente) e sofreu como alma perdida no inferno, ele ficou vinte e três minutos apanhando dos demônios. E também escreveu um livro contando a experiência, o nome dele é 23MINUTOS NO INFERNO.
Voltando a irmã americana Mary K.Baxter, ela ficou muito triste e doente com as experiências que teve, então Deus a levou ao céu e lhe mostrou muitos detalhes do reino de Deus, e então ela escreveu o livro A DIVINA REVELAÇÃO DO CÉU. Procure por esses livros amigos!
Também há um caso de uma missionária que não queria fazer a obra de Deus, mas ao ter uma filha morre no parto e vai para o céu, lá encontra pessoalmente com o rei Jesus e ele diz: “VEJA SUA FILHA.”
E ao ver e menina na Terra, que acabara de nascer, a missionária pede: Senhor, deixa eu fazer a sua obra, a minha filha é muito linda, deixa.. e hoje ela conta esse testemunho...
Mas vou acabar preenchendo o livro todo só com esse assunto, esses foram apenas alguns testemunhos para edificar você meu amigo – pois há uma realidade que muitos crentes nem entendem. Acham que estão dentro de uma igreja podem fornicar, odiar, defamar e outros pecados em nome de Cristo..
Isso (arrebatamento) acontece muito, mas há igrejas onde o Senhor escolhe pessoas que as leva para o céu, uma coisa que teólogos podem até chiar. Mas se esqueceram que Paulo também foi arrebatado ao Céu, mas não quis aparecer e falou sobre si mesmo em terceira pessoa. Veja:

Sei de um homem em Cristo, há quatorze anos, se no corpo eu não sei, se fora do corpo eu não sei, Deus o sabe, foi levado derrepente ao terceiro céu. E conheço o tal homem. Se no corpo ou fora do corpo eu não sei, Deus o sabe. Que foi levado repentinamente ao paraíso e ouvi palavras inefáveis, que ao homem não é permitido falar.
2Coríntios 12:2-4

Teólogos não acreditam que isso possa acontecer por causa dessa palavra de Paulo, o problema é que naquela época, não era lícito mesmo saber sobre o céu porque o Espírito Santo não tinha muito tempo que tinha chegado na Terra – e creio também que o que Paulo tenha visto e ouvido se falasse em uma de suas cartas, poderia gerar inveja e brigas dentro da igreja, como “-Você nos perseguia e matava e agora tem isso?” Sabe, o ser humano adora tacar pedras uns nos outros...
Se fomos areditar que Deus não pode mostrar nem o Céu e nem o Inferno a alguém, então vamos ignorar o livro de Apocalipse de João, que foi escrito a muitas décadas depois da morte e ressurreição de Cristo.
Nos dias de hoje, o Senhor vem avisando que irá voltar. As igrejas estão cheias. Mas ninguém escuta a voz de Deus e até crianças usadas em profecias por Deus falavam em quantas pessoas de tais igrejas iriam subir se ele voltasse.
Hoje o ego de ser pastor/pregador é alto demais, falsos profetas que inventam e decoram palavras em línguas dos anjos para se dizer usados por Deus, outros ainda piores simulam curas e ainda colocam o nome de Deus no meio daquela mentira, algo que Deus odeia.
Todo mundo quer ser o “sacerdote” que “anda pessoalmente” com Deus, mas no seu interior só tem vaidade. Alguns pastores falsos-profetas tem até seguranças e o que mais se vê hoje é programas de TV feito por pastores, todos anunciando Jesus.
Muitos deles não querem as almas e sim o reconhecimento e a fama. E tem pastores-presidentes de igrejas e bispos que são tratados pelo povo como se fossem o próprio Cristo.
Uma vez eu fui visitar uma igreja, esta tradicional e lá o pastor mandou todo mundo ir orar lá na frente. Eu vi que tinha uma senhora que tava muito mal e não podia nem ficar de pé e como naquela época o Senhor tinha me dado dom de curar, bastava pela fé tocar essa irmãzinha e que Jesus tiraria o sofrimento dela.
Primeiro, eu falei com o marido dela e disse que Deus tinha me dado unção de cura; para orar pela esposa dele e com a permição do marido fui orar no meio da oração dos pastores daquela igreja.
Fui impedido pela própria irmãzinha que só queria receber a oração dos pastores, apenas eles... tudo bem!
Eu fiquei com pena dela porque perdeu a chance de receber a cura apenas por olhar apenas pela aparência das pessoas, tudo bem.
Deus sempre escolherá o menor, em tudo, ele nunca escolhe o grande - sempre é com o pequeno, foi assim com José e Davi e por causa disso eles sentiram o ódio da inveja dos outros.
Posso te dizer, que pelo que já passei até agora já senti muito o gosto de pregadores invejosos, achando que cursos de teologias feito lhe daria algum poder superior sobre as pessoas de sua igreja, como se ele por ser formado, pudesse conversar com Deus mais intimamente do que qualquer outro irmão.
Por isso eu lhes dei o nome de DIPLOMISTAS, que sua “unção” na verdade é “diplomada” e só confiam nesse documento.
A minha família também, meu irmão Thiago do qual Deus lhe deu unção de expulsar demônios e interpretar sonhos, batizado com o Espírito Santo era vigiado pelos "maiorais" da igreja enquanto era usado.
Profetizava palavras tão bonitas para conseguir as almas e os maiorais ao ver que estavam perdendo espaço o humilhavam... Thiago, e eu, nós - irmãos gêmeos, do qual o Senhor disse a minha mãe: "Pessoas como seus dois filhos, não há como outros iguais a eles em toda a Terra!" fomos escolhidos para propósitos diferentes, mas perseguidos por invejosos.

Como o Céu é (O Ambiente celestial)
Ambiente que vi era de muita festa e dança, mas não me lembro muito dos detalhes, lembro-me que passei por um grupo, parecia que era uma festa de anjos e santos de Deus, lembro-me que pessoas passavam na minha frente dançando e pulando ao Senhor com muita alegria, era uma festa com músicas parecidas que eram de flautas e instrumentos de cordas, etc.
E me lembro que um dos santos passou na minha frente girando e pulando de felicidade (e ainda dizem que os pentencostais são doidos quando o Espírito do Senhor os envolvem e eles sapateiam e dançam) .
Passei por muitos santos fazendo uma festa, lembro-me que era uma festa muito animada e era muito alegre. Os santos de Deus dançando e cantando hinos.
Queria lembrar mais!!
Muita coisa eu aprendi no Céu e que tenho uma missão de falar para vocês, a primeira mais importante é: NÓS NÃO MUDAMOS DE SEXO: quando vamos para lá, se morremos homem, seremos homens, se a pessoa morre sendo mulher, continua ser mulher.
Tem igrejas que afirmam que somos um sexo só ao chegar no céu, porque Jesus disse que seríamos como os anjos, nós não nos casaríamos (Mateus 22:30). Mas papai do céu mostrou-me homens e mulheres vestindo o mesmo manto branco que eu (Apocalipse 3:5).
Vamos raciocinar: se Jesus Cristo é homem, sendo Deus, como nós seríamos sem sexo? Quando morremos, nossa vida continua... do ponto que parou, só que agora em outro lugar e dessa vez para sempre, sem pausa.
A bíblia diz que a gente recebe também coroas, não é mesmo? Lembro dos santos que vi, mas apenas uma coroa vi perfeitamente, de uma irmã que estava conversando com um garoto e um rapaz e ela estava com os cabelos soltos e estava linda.
A aparência dela era muito mais bonita que uma noiva!
E não tinha maquiagem alguma, os cabelos dela pareciam que eram feitos de ouro e a roupa era alva, mesmo assim muito linda. A feição daquela mulher conversando normalmente era muito bonito.
As pessoas que via elas refletiam alegria e paz.
O garoto que vi não usava uma coroa, mas usava o mesmo manto branco que todos usavam no Céu, talvez ele tenha morrido precocemente ou não queria usar a tal coroa na ocasião. Mesmo sendo bem criança aos meus olhos vi que a feição dele era muito feliz, e olha que o rosto dele nem estava de frente para mim.
Muita gente afirma que ao morrermos, nós dormiremos e esperaremos o juízo final e nossas lembranças serão apagadas... nossos amigos e nossos laços com pessoas aqui não existem mais...
Dizem que tudo o que vivemos para terra e nossas amizades são perdidas; Que crueldade, não acha?
Acha mesmo que seria legal dormir por séculos, esperando o dia do juízo? O Senhor se lembra de tudo, quando a gente morre salvo, passamos pelo rio da Vida, renovados!
Nossa vida continua.
Teremos os mesmos amigos se eles forem salvos também e nossas famílias não serão separadas, então se você tem filhos viveram para sempre com eles, ou morando perto (Isaías 65:23).
Deus NUNCA VAI SEPARAR DE VOCÊ UMA PESSOA EM QUE VOCÊ AMA! Pois se acontecer, não foi porque Deus quis, mas sim foi a própria pessoa que não quis ser salva.
Quando estava no céu, vi uma família embaixo de uma árvore conversando, era um homem, uma mulher e um garoto de por volta 13 anos; Lá não precisa de atração carnal, é um lugar santo, não há felicidade maior em outro lugar a não ser no céu, um lugar tão perfeito do qual as vezes quando penso nas coisas que vi e senti "seria bom demais para que fosse verdade", mas é, irmão! É tudo lindo e verdadeiro, vamos pra lá!!!!!!!!!!!!!

A atmosfera do Céu
Falando mais sobre as coisas que vi, a atmosfera celestial é perfeita, nela não há pecado e nem sofrimento.
Enquanto andava com o anjo pelo céu, teve uma vez que fiquei tão admirado que parei no meio do caminho, e o anjo também teve que parar.
Fiquei olhando para aquele céu azul, bem limpo.
Também nele (e não sei como), via outras cores... naquele momento, admirado disse: "Aqui é perfeito, não tem pecado!".
No céu e em sua atmosfera não há pecado, é leve!
Eu que já fui arrebatado sinto um ambiente pesado aqui, porque já senti a leveza do céu. A própria atmosfera celestial ainda só coloca na nossa mente coisas boas, como: faça coisas boas, seja feliz, faça bondade, etc. Não há como não ficar triste aqui. Há muitos louvores a Deus para todo lugar que vamos.

Os animais no reino de Deus
Vi muitos bichinhos no céu também, vi gazelas e aves e peixinhos. Não sei porque ali eles todos tinham a coloração branca.
Vi perfeitamente uma gazela que tinha se aproximado de mim e vi perfeitamente os pelos que ela tinha, todos brancos. Vi uma hora que olhei para o céu uma ave muito bonita de penas brancas a voar (e ela era de uma espécie muito diferente das aves aqui da Terra).
Não há outro lugar tão feliz como lá, as plantas e o gramado parecem dançar com a música, as pessoas adoram ao Senhor, não há o que contar nesse livro, são muitas coisas bonitas. Um ambiente de festa muito bonito, que coisa maravilhosa! Por isso que tudo o que vi falava empolgado: “Isso é perfeito!”.
Depois de ver muitas, fui ao Rio da Vida (do qual só soube que era o tal Rio porque eu li no livro de Apocalipse).

Ele enxugará de seus olhos toda a lágrima, e não haverá mais morte, nem luto, nem pranto, nem dor, porque as primeiras coisas passaram.
Apocalipse 21:4

João escreveu que as águas do rio da vida brilham como cristal (Apocalipse 22:1) e brilham mesmo! Quando eu vi aquele rio tão bonito, fiquei maravilhado, embabacado.
Aquele rio brilhava muito, não tinha como descrever sua beleza!
Ela está até agora na minha mente, mas não a posso deduzir, só posso dizer que fiquei muito admirado (na verdade, tudo o que vi no céu, eu parava e dizia: "Isso é perfeito!" pena que não me lembro de tudo).
Ao visualizar aquele rio pensei:

"Como pode, a água tem um tom mais forte do que um mar, mas ela é transparente?!"

Sem falar que ela brilhava.
A luz e seu brilho me chamava a atenção: imagine ver águas fortes, com tom azul muito forte, mas como se fosse feito de cristal (que brilhava como uma lanterna) e que podia se ver com perfeição o fundo do rio, vendo as platinhas, pedrinhas e os peixinhos de coloração branca que passavam livremente pelo rio.
E mesmo assim eu via uma luz azul clara muito bonita no fundo do rio (ou seja, parecia que via ao mesmo tempo o lado de fora e o de dentro com uma luz muito forte e uma beleza de detalhes que É IMPOSSÍVEL alguém mesmo usando o melhor computador criar isso.
Isso é TREMENDO! Não tem como explicar!
Fiquei tão admirado com aquilo que pedi para o anjo me levar mais perto, aí ficamos acima do rio, e perto da sua margem vi de perto os peixinhos, que eram até grandes.
Pareciam aqueles baiacus só que com escamas brancas, muito bonitinho, nem sabia que habitavam peixes no rio da vida... talvez seja um outro rio no céu, mas acredito que seja o da vida mesmo!
O peixinho não era igual aos outros peixes que tem medo dos humanos, ele chegou perto de mim e não tinha medo algum. Ele era todo branquinho e tinha um bigodão e suas escamas eram branquinhas. Mais que bichinho bonitinho, ficou perto de mim... acho que os animais no céu não tem medo dos santos, mas sim são gentis com eles!

A aparência do anjo que me guiava
O Anjo que me guiava era um pouco maior do que eu. Ele usava o mesmo manto branco e sandálias, seus cabelos lisos eram dourados e usava uma franja pro lado e um rabo de cavalo.
Quando o vi perfeitamente, notei que ele era muito parecido com um ser humano e consegui ver seu rosto com todos os detalhes e fiquei olhando fixamente. Tudo isso aconteceu quando paramos e ficamos acima do rio, perto da sua margem mas em cima.
Ao perceber isso, o anjo virou o seu rosto para que eu não o ficasse olhando para ele e eu insistia e ele olhava timidamente para mim e virava o rosto e eu perseguia o olhar até que virou de um modo que sua franja cobriu a sua face, e ficou de costas pra mim e nessa hora pude ver seu longo cabelo dourado preso, e a presília que prendia seu cabelo também era de ouro.
Fiquei até admirado ao ver aquela cena, onde eu queria usar um cabelo dessa forma e estava pensando que Deus não iria gostar disso, mas ele me mostrou que não liga para o nosso cabelo, ele nos ama!
Eu sempre queria ter um cabelo usado em rabo de cavalo, esperei fazer a cirurgia para concertar o meu rosto, devido ao lábio leporino (o problema que nasci) daí tinha deixado meu cabelo crescer.
E mesmo cortando umas duas vezes, mas proseguindo no sonho.
Meu cabelo não ficou muito era legal de tanto raspar a careca e quando cresceu denovo todo mundo me criticava... meu cabelo talvez nem era legal grande - fui muito zoado, mas queria deixá-lo assim, era um sonho meu... eu tinha sonhos do qual meu cabelo tava liso (porque nasci meu cabelo era assim, mas ficou ruim graças ao cortar meu cabelo de forma indevida muitas vezes).
Todo mundo debochava de mim, principalmente meu próprio pai. Mas depois alisei, e meu cabelo voltou, não como era antes, mas muito legal! Hoje e até morrer eu quero ficar com o cabelo assim, o bom que eu fiquei bonito assim ^^ - me desculpe por me desviar um pouco do assunto, mas até nisso Deus estava presente. E é agora eu conto o porque!
O Senhor me disse, recentemente que quando eu estava pequeno, ele me via do cabelo que eu estou hoje, porque me via hoje e não como tava antes e também que eu não corte porque ele me prefere assim (ainda bem, porque eu tenho a mesma opinião, obrigado Senhor ^_^).
Depois fui a saber que no dia que ele foi na emcubadora me visitar e me escolher pessoalmente para essa chamada, ele disse para o Pai dele (ou seja, naquele dia Jesus foi me ver na emcubadora e seu Pai estava olhando do Céu, e ele disse algumas coisas sobre mim e Jesus apontou para mim e disse para Deus: Ele quando crescer vai ter um cabelo no meio das costas!” isso foi a marca que Deus pôs em mim...
E durante minha vida eu sempre gostava de cabelo dessa forma, mas não sabia o motivo (hoje sei porque). Também quando eu decidi que meu cabelo iria se tornar longo (tive vários sonhos do qual eu olhava para o espelho e via o cabelo assim).
E foi por isso que o anjo que me guiara no céu tinha o mesmo cabelo que o meu (porque naquela época já tava com cabelos longos, mas iria comprar a presília pra mim. Estava com um pouco de medo de Deus me criticar mas ao ver que o anjo também usava - me deu forças pra usar cabelo daquele jeito também!).
Deus preparou tudo isso antes mesmo de eu começar a viver aqui, colocou a marca de Deus em mim, que é o meu cabelo. Eu uso rabo de cavalo para lembrar a minha primeira visita ao Céu, tanto que até minha mãe fica brincando comigo: “É Rodrigo, você usa o cabelo assim por causa do anjo, né?”. E as pessoas que olham para mim vão ver pelo meu cabelo uma lembrança minha no céu.
O céu é muito lindo, e nós vamos para lá.

Alguns lugares não muito lembrados
Mesmo tendo essa incrível experiência, muitas coisas ainda ficaram obscuras na minha mente. Nem tudo que vi eu me lembro, mas vi muita coisa no Céu. Acho que o Senhor fez isso para me mostrar que aquilo que vi e senti era real, tanto que quando fui levado a minha casa original (^_^ o céu, nossa morada) eu mal conhecia a bíblia e lendo Apocalipse, levei alguns sustos, pois era tudo exatamente o que estava escrito.
Lembro-me que passei por um lugar, mas não me lembro se era um deserto ou oásis – a única lembrança dessa parte é que existia uma palmeira estranha, acho que ela era de coloração escura e só caía por um lado, isso ficou meio confuso... porque essa árvore que vi fiquei admirado, mas não me lembro como ela era direito.

0 comentários:

Postar um comentário

Atenção: não serão aceitos comentários que visam ofender minha pessoa seja de qualquer forma. Qualquer comentário ofensivo será imediatamente deletado e eu nem perderei meu tempo ao lê-lo. Grato!

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Laundry Detergent Coupons