segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Saiba mais que é Kathryn Khulman - homenagem do Blog a esta grande evangelista


Aqui eu faço uma homenagem a uma senhorita Khulman, uma inspiração para mim!

Em um mundo marcado pela doença e a escuridão espiritual, Kathryn Kuhlman ofereceu Esperança às pessoas. Com seus serviços de ministração, desde os anos 1950 até sua morte em 1976, milhares de pessoas entregaram suas vidas a Jesus Cristo. Kathryn nasceu em 9 de maio de 1907, em uma fazenda fora de Concordia, Missouri, nos Estados Unidos e converteu-se em uma reunião quando tinha 14 anos. Dois anos mais tarde, saiu da casa com sua irmã e cunhado, Myrtle e Everett Parrott, pregando em tendas de avivamento no noroeste e no Midwest

Permaneceu com eles até completou 21 anos, o ano onde iniciou um trabalho evangelístico por conta própria. Embora seu primeiro sermão fosse em um salão pequeno e sujo, Kathryn construiu um nome forte como pregadora de tendas em Idaho, Utá, e Colorado. Estabeleceu-se em 1933 e abriu um trabalho avivalista no altamente bem sucedido Tabernacle de Denver de Colorado. As pessoas atravessavam o país para ouvir Kathryn, e evangelistas de renome vieram pregar em seu púlpito. 

Por cinco anos, o ministério floresceu e promoveu um avivamento grande na área. Seu ministério promissor foi comprometido quando o Evangelista Burroughs Waltrip veio pregar. Waltrip divorciou-se de sua esposa e abandonou seus dois filhos novos logo após a reunião de Kathryn. Mudou-se para Iowa, iniciou um programa de rádio e uma igreja e manteve seu passado em segredo. Quando ele e Kathryn casaram-se em 18 de outubro de 1938, iniciou suas pregações em torno de Midwest. Entretanto, os líderes das igrejas descobriram seu passado e pediram que saísse. Kathryn ao perceber as circunstâncias que lhe fizeram parar de pregar, resolveu deixar Waltrip em 1944

(Nota do Rodrigo: Khulman depois se arrependeu do seu casamento que era coisa errada. Antes de se arrepender ela disse: "Senhor, me livra do pecado mas eu não quero, porque ele é muito bom". Essa sinceridade a levou ser liberta do seu "casamento" e isso a fez que as igrejas norte-americanas a excluissem por causa do erro dela. Você sabe, o homem gosta de condenar e mesmo que estamos arrependidos e tudo já exclarescidos, a liderança como sempre religiosa sempre vai apontar o dedo e te tratar como demônio. Fim da Nota).

Kathryn disse que “morria a cada dia por ter posto de lado os desejos de seu coração para assim poder servir inteiramente a Deus”. Encontrou finalmente um “paraíso” seguro da bisbilhotice e com pessoas famintas de se alimentar com o Evangelho quando chegou em Franklin, Pensilvânia, em 1946. Kathryn começou um programa de rádio popular e uma igreja e construiu um ministério que foi seguido por milagres, por sinais, e por maravilhas. Era em Franklin que ela veio compreender o poder do Espírito Santo e dos milagres. Kathryn mudou-se para Pittsburgh em 1948, onde viveu até o fim de sua vida. 

(Nota do Rodrigo: Khulman aprendeu o que é matar a carne e ela sempre falava disso: "Senhor, deixe-me morrer" - ela entendeu o que é realmente se guardar e se santificar e foi o que o fez. Em seguida ela conheceu o Espírito Santo e seu ministério foi acompanhado por curas. Fim da nota).

Prestava seus famosos cultos de milagres no Carnegie Hall por 20 anos, lotando a capacidade do grande auditório em todos os cultos. Pessoas de todo o mundo vinham às suas reuniões de milagres e assistiam seus programas de rádio e de televisão. Kathryn Kuhlman morreu em 20 de fevereiro de 1976 após complicadíssimos problemas no coração. Seu ministério não terminou, pois ela deixou um legado na pregação e ministração de milagres, amor e do poder do Espírito de Deus. 

(Nota do Rodrigo: Essas reuniões que a senhorita Khulman faziam, um rapaz vendo aquilo chamado Benny Hinn pediu para Deus que queria o mesmo que aquela mulher tinha - e o resultado já sabemos, recebeu. Por isso Benny Hinn tem como maior inspiração a senhorita Khulman que está na glória de Deus agora).

texto retirado de misraipleno.blogspot.com.br (grato a amável senhora que escreveu essa pesquisa chamada Misrai Atanasio)

2 comentários:

Thiago L S Gomes disse...

Muito bom o texto meu irmão querido. Sou eternamente grato pelo ministério da Sra. Kullman e que a partir da vida dela surgiu o ministério de Benny Hinn e muitos outros. Muito bom o texto. Gostei muito.

Rodrigo Jeferson disse...

O texto não é meu, é de outro blog. Eu apenas fiz umas "notas" para explicar melhor o assunto.

Postar um comentário

Atenção: não serão aceitos comentários que visam ofender minha pessoa seja de qualquer forma. Qualquer comentário ofensivo será imediatamente deletado e eu nem perderei meu tempo ao lê-lo. Grato!

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Laundry Detergent Coupons